Quero parar de fumar

Como manter os pulmões saudáveis

Veja como manter os pulmões saudáveis:

Não fumar

As substâncias introduzidas no organismo pelo cigarro causam danos imediatos e acumulados, prejudicando a saúde global do indivíduo e elevando os riscos de desenvolvimento de diversas doenças, principalmente as respiratórias. Não fumar é uma ótima estratégia para cuidar da saúde dos pulmões.

Evitar exposição a poluentes físicos, químicos e biológicos

Quem reside nas médias e grandes cidades brasileiras convive todos os dias com um problema que já se tornou comum: a poluição. Dentre os principais poluentes do ar, podemos citar a fumaça, partículas inaláveis, dióxido de enxofre, ozônio, dióxido de nitrogênio e monóxido de carbono. Essas substâncias podem causar sérios danos à saúde de homem. Para diminuir a ocorrência das doenças respiratórias, manter uma boa qualidade do ar nos ambientes, tanto em casa como no trabalho é muito importante. Respirar ar fresco, úmido, renovado e limpo permite que quem sofre com as alergias respiratórias consiga se manter longe de poluentes, fumaça e poeira.

Prevenir infecções

As infecções respiratórias são mais frequentes no período do inverno, principalmente quando temos o tempo seco e a baixa umidade. Para manter o organismo protegido de vírus e bactérias que afetam a respiração, atitudes simples podem evitar a proliferação dessas doenças. Algumas dicas: manter os ambientes arejados, beber bastante líquido, evitar o contato com pessoas gripadas ou com resfriados, expor lençóis, edredons e roupas ao sol e lavar sempre que necessário e controlar a umidade relativa do ar acima de 50%.

Vida saudável

Prática de exercícios

Independente se você é ou não fumante, a prática regular de exercícios aumenta a capacidade cardiorrespiratória, aumenta a tolerância ao exercício e melhora a autoestima, além de estimular a liberação de endorfinas, que ajudam na sensação de bem-estar. Exercícios aeróbicos, como caminhada, natação, corrida entre outros, ajudam a manter a saúde dos pulmões. Atividades como yoga e pilates, que trabalham a concentração nos movimentos respiratórios, também podem ajudar.

Atividade física no processo de cessação do tabagismo

A cessação do tabagismo pode ser associada ao ganho de peso. Isso pode diminuir a motivação para cessação e se tornar fator de recaída. A atividade física é uma ótima ferramenta no processo de cessação do tabagismo, pois além de auxiliar no ganho de peso, ajuda na mudança do estilo de vida e na disposição para realizar as atividades do dia-a-dia, funcionando como um fator de motivação no processo de cessação.

Alimentação

Manter uma alimentação saudável pode contribuir muito para melhorar a qualidade de vida. A alimentação deve ser balanceada, com sopas e caldos ricos em verduras e legumes. As frutas são essenciais, principalmente aquelas que contêm vitamina C, como a laranja. Elas ajudam a prevenir gripes e resfriados. Além disso, é importante beber líquido em quantidade adequada, principalmente nos dias mais secos, para manter a umidade do corpo.